5 situações em que o empregado NÃO pode ser demitido por justa causa!

Muitos empregadores acham que basta demitir por justa causa um trabalhador e está tudo certo, e que está liberado de suas obrigações. E esse é um grande erro.

O patrão não pode fazer o que bem entender!

Isso porque, além de ser obrigado a respeitar os requisitos legais para aplicar uma demissão por justa causa, existem situações que simplesmente não cabe justa causa.

Veja 5 exemplos de situações que não é possível demitir um trabalhador por justa causa:

  • Recusar-se a cumprir ordem ilícita do chefe: Ex: Trocar data de vencimento de um produto. O empregado não é obrigado a fazer isso, pois se fizer é cumplice do crime contra o consumidor.
  • Ser testemunha em processo contra a empresa: Prestar depoimento é um serviço à justiça e o empregado jamais pode sofrer desconto ou ser demitido por isso.
  • Estar fora do trabalho aguardando perícia do INSS: A empresa não pode alegar abandono de emprego quando for óbvio que o empregado está em tratamento e espera perícia para receber benefício previdenciário.
  • Recusar a assinar termo de consentimento que retira responsabilidade da empresa: O empregado deve tomar decisões verdadeiramente de livre e espontânea vontade e sabendo das consequências. Caso não concorde, tem todo o direito de recusar e não pode ser punido por isso.
  • Recusar a vender parte das férias: É direito do trabalhador vender 1/3 (um terço) de suas férias. Se é direito, ele jamais pode ser obrigado a isso, caso não seja de seu interesse.

Por esses e outros motivos, é muito importante que ao ser dispensado por justa causa, o trabalhador deve procurar advogado especializado de sua confiança para que seus direitos sejam sempre respeitados.

Este artigo foi útil? Deixe um comentário!

Clique e consulte um advogado trabalhista especialista no assunto:

A Nakahashi advogados atua há mais de 14 anos na área trabalhista.

  • Nakahashi Advogado Trabalhista e Civil

    Receba sua
    consultoria de advogados especializados

  • Posts recentes

  • Arquivos

  • Tags